ABDOME TANQUINHO - VOCÊ VAI TER UM ?

08/06/2021

ABDOME TANQUINHO - VOCÊ VAI TER UM ?

Abdome Tanquinho   Voce Vai Ter Um
ABDOME TANQUINHO - VOCÊ VAI TER UM ?

Para explorar esse "sonho de consumo" sempre aparecem muitos medicamentos, muitas rotinas de treino, muitos aparelhos, muitos procedimentos de estética... todos prometendo milagres. E milagre bom é milagre rápido !!

Impressionante como esse assunto é tema constante de muitas das palestras, aulas e cursos que eu participo, e para todo dipo de público. Então vamos recordar algumas coisas...

Como se atinge a definição máxima de um músculo?

Combinando MASSA MUSCULAR e POUCA GORDURA. Isso faz o músculo "saltar aos olhos". Ahh, e se você já foi gordinho, o excesso de pele vai dificultar mais ainda... Talvez até inviabilizar!

Como se consegue massa muscular?

TREINANDO, COMENDO E DORMINDO.
No caso do abdome, duas vezes por semana, dias separados (pelo menos 48hs de intervalo), usando na média 2 a 3 exercícios, totalizando 8 a 9 séries em cada dia, e variando as repetições (não menos de 10, não mais de 25 vezes). Sim, foi isso mesmo que eu disse. Portanto esse papo de 3 séries de 100 repetições, gente que diz que faz 1000 repetições por dia, para HIPERTROFIA não. Hipertrofia só se atinge com peso !! E com peso não é possível repetir tanto. E só pra lembrar, o músculo cresce no DESCANSO, portanto nada de malhar abdome todo dia.

E o outro fator determinante para seu abdome "aparecer": DIMINUIÇÃO DA GORDURA. A maioria dos homens só consegue um abdome visivelmente definido com percentuais de gordura na faixa de um dígito (menos de 10%), e mulheres com algo em torno de 12-14%.
Gordura só se queima sistemicamente. Portanto, para o músculo reto abdominal aparecer é preciso diminuir a capa de gordura que está acima dele. E isto só se consegue diminuindo o percentual de gordura corporal. Portanto, dieta de baixa caloria + aeróbico (pelo menos 30-45 min, 3 vezes na semana).

A menos que você esteja aplicando localmente alguma substância lipolítica, não existe queima de gordura localizada por parte do nosso corpo !! A sensação de "queimação" que você tem ao malhar o abdome nada mais é que o acúmulo de ácido láctico (um subproduto do metabolismo que aparece no músculo quando ele é submetido a esforços intensos em intervalos curtos de tempo). Não tem nada a ver com a gordura que está acima desse músculo.

Quando esse dever de casa estiver feito (dieta + treino aeróbico + descanso) aí você está autorizado a pensar em entrar com algum SUPLEMENTO que possa potencializar esse efeito de baixar o percentual de gordura. No caso de quem faz a dieta adequadamente um termogênico costuma ajudar muito, aumentando o seu gasto calórico. Aqui tem uma discussão mais ampla sobre os termogênicos e a queima de gordura.

E se a sua dificuldade é fazer uma dieta, aí os sacietógenos ou ansiolíticos são os mais indicados. Procure orientação médica especializada.
Lembrando que nenhum medicamento ou suplemento vai fazer o trabalho sozinho. Você precisa se comprometer.

E só pra finalizar:
- Todo mundo pode aprender como se toca um piano. Com esforço e dedicação de ANOS, você pode ser um bom pianista. Embora existam pessoas que sentam num piano aos 8 anos de idade, e tocam melhor que todo mundo a sua volta.
- Todo mundo pode aprender a jogar futebol, se divertir com o jogo. Alguns após uma vida de treinamento num clube jogam muito melhor do que a maioria dos amadores. Mas o Pelé já estava na copa do mundo pela Seleção Brasileira aos 17 anos.
- E musculação - como piano ou futebol, é resultado de esforço, empenho e disciplina. Uns precisam mais, outros precisam menos. Todo mundo pode chegar lá, mas com graus diferentes de investimento.

Portanto não desanime se o seu amigo tem resultados irritantemente perfeitos com menos esforço aparente. Genética não é destino, mas faz toda a diferença do mundo.

Dr Luciano de Castro.

A prática desta atividade é feita de uma forma desportiva e salutar, proporcionando uma melhoria da condição física associada a fatores importantes do nosso bem estar do dia a dia, como sendo: perda de peso, tonificação muscular, flexibilidade, maior coordenação motora, auto-controle, auto-defesa, etc...

A aprendizagem da técnica desta atividade proporciona um gosto pelo seu treino semanal assíduo, proporciona ainda um aumento das suas relações inter-pessoais dentro e fora do seu local de treino.

“Artes marciais é coisa de homem”. Já se foi o tempo em que essa frase permeava nas academias de luta e no pensamento de muita gente por aí. Ultimamente, as mulheres estão acabando com esta visão e são presenças cada vez mais notáveis neste tipo de esporte. Os motivos que levam o sexo feminino a praticar artes marciais variam muito e, apesar de ainda haver um pouco de preconceito com a mulher no tatame, estes tabus vem sendo quebrados a cada dia.

Em relação à prática das diversas modalidades de luta, muitas vezes o preconceito vinha da própria mulher, que achava que ao fazer este tipo de esporte perderia os traços femininos e seria vista com o estereótipo masculinizado. Pura bobagem! Os benefícios que as artes marciais podem trazer são muitos. Mantém a forma, emagrece, proporciona resistência física e traz o equilíbrio. Além disso, a luta pode aliviar o stress. Uma boa pedida para nós mulheres com os hormônios à flor da pele.

Mulheres trocaram os aparelhos de musculação pelas luvas de boxe.

Treinos adaptados e intensos são alguns dos atrativos para as mulheres.

Treinos diferentes

Passar horas em academias, em meio a aparelhos de musculação não é tão prazeroso para algumas pessoas. O boxe surge como uma opção mais dinâmica e atrativa para a manutenção da saúde e beleza. Mas, mesmo apresentando benefícios há quem deixe de procurar a modalidade com receio de enfrentar um treinamento muito pesado.

Além de tonificar os músculos, as aulas ajudam no processo de emagrecimento. “Com uma hora de aula de boxe elas perdem 1500 calorias.

ADQUIRA SUA MENSALIDADE ONLINE NO BODY TICKET

Glória ao Pai , ao Filho e ao Espírito Santo.

Assim como era no princípio , agora e sempre.

Em nome do Pai, Filho, Espirito Santo Amém…

Tags da Academia